Propostas para Dissertação

Mestrados no Departamento de Informática



Consultar ficha completa de uma proposta de dissertação

proponente: Bruno Dias
instituição/empresa: Dep. Informática/UM
tema/título: Estudo de estratégias na atribuição de canais de comunicação em IEEE 802.11p
área científica: Gestão de Redes Veiculares
local: Dep. Informática/UM
curso de mestrado: Mestrado em Engenharia de Redes e Serviços Telemáticos
descrição:
As redes veiculares utilizam tecnologias de acesso ao meio baseadas no paradigma “single-hop
broadcast”. Dependendo do tipo de aplicação, pode ser útil utilizar outros paradigmas de
comunicação mais restritos, como por exemplo “multi-hop geocast” or “multi-hop
multicast”. Algumas destas variantes já estão cobertas por normas internacionais (como as
normas ETSI ITS, por exemplo), mas outras ainda não, sendo apenas objeto de estudo em variados
projetos de I&D. Outro aspeto importante nas redes veiculares é a estratégia de atribuição de canais de
comunicação no protocolo IEEE 802.11p. Mas especificamente, a norma IEEE 1609.4 estabelece um
conjunto de orientações para se implementar a coordenação de canais de comunicação a utilizar
em redes 802.11p. Ao longo dos últimos anos têm surgido resultados de trabalhos de investigação
que versam precisamente a definição de esquemas de coordenação e atribuição de canais de
comunicação neste tipo de redes veiculares. Os dois aspetos anteriores, não estando relacionados diretamente, devem ser ambos
definidos/implementados na mesma entidade duma arquitetura agnóstica VANET, a OBU. Idealmente, a
configuração destas funcionalidades numa OBU deveria ser realizada utilizando o mesmo tipo de
tecnologia normalizada e universal e a sua implementação deveria ser transparente para a pilha
protocolar utilizada acima do 802.11p. O principal objetivo deste desta dissertação é estudar o estado da arte em termos de projetos de
I&D que se tenham debruçado sobre a problemática dos esquemas de atribuição e coordenação dos
canais de comunicação no protocolo IEEE 1609.4 e e fazer uma análise crítica (utilizando
vários critérios de avaliação) dos vários algoritmos base de cada um desses esquemas,
recorrendo não só a resultados científicos concretos desses projetos, mas também a resultados
de eventuais experiências a realizar com protótipos desenvolvidos para ambiente de simulação.


Voltar...